Haddad vai à Justiça para governo rever dívida.


O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), entrou na Justiça na noite de quinta-feira para obrigar o governo Dilma Rousseff a cumprir a lei que muda a correção das dívidas de Estados e municípios.

A lei reduz a dívida da capital paulista de R$ 62 bilhões para R$ 36 bilhões, mas a intenção do governo é que as novas regras passem a valer apenas no ano que vem para não prejudicar o ajuste fiscal. Por isso, o texto ainda não foi regulamentado.

A ação da Prefeitura de São Paulo foi protocolada na Justiça Federal, em Brasília. O movimento representa uma mudança de postura do prefeito, que afirmou no final de março que a proposta de deixar a mudança na dívida para 2016 não comprometeria a capacidade de investimento da Prefeitura.


Fonte: g1.globo.com