Bahia vive tríplice epidemia de doenças


Autoridades da área de saúde reconhecem que o estado da Bahia vive uma tríplice epidemia de doenças transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti: dengue, febre chikungunya e zika. Em três meses quase 80 mil pessoas já tiveram pelo menos uma das três.

Um dos efeitos dessa situação é o surgimento de uma outra doença grave, a Síndrome de Guillain-Barré.


Fonte: ebc.com.br