Protesto contra Dilma Rio reúne


Um protesto contra Dilma Rousseff, iniciado com cerca de 20 manifestantes, por volta das 16h da última quarta-feira, na Candelária, no Centro do Rio, chegou até a sede da Petrobras, na Avenida Chile, com 39 pessoas; 15 delas com cartazes nas mãos. O grupo pediu o impeachment da presidente e convocou para outro protesto, no próximo domingo.

A manifestação, acompanhada por curiosos e por aproximadamente 200 PMs, foi marcada nas redes sociais. A Avenida Rio Branco chegou a ser fechada pelo grupo, que chegou à Petrobras, às 17h, encerrando o ato 20 minutos depois, com uma oração coletiva.


Fonte: g1.globo.com