Vacina que combate à tuberculose acabou no RJ.


O Dia Mundial de Combate à Tuberculose é comemorado nesta terça-feira, mas a situação no estado do Rio de Janeiro não é muito boa. O estoque da vacina BCG, que faz a prevenção contra a doença, está zerado. Em nota, a secretaria Estadual de Saúde, disse que o Ministério da Saúde enviou um comunicado informando que 50% do quantitativo pedido de vacinas seriam entregues em fevereiro; o que não ocorreu. Como o repasse não foi feito, foi dado um novo prazo até o final de março.

A Secretaria Municipal de Saúde está tentando agendar os atendimentos e as aplicações de vacinas no mesmo horário, ou pela manhã ou no período da tarde, porque cada frasco tem 10 doses e é uma forma de tentar economizar na aplicação, já que a validade entre as doses é de apenas 6 horas. Segundo o médico e infectologista Edimilson Migowski, a vacina ainda é a principal forma de evitar as causas graves da doença, que é a que causa mortes.


Fonte: g1.globo.com