Camara adia votação de projeto da terceirização.


Após reunião de líderes, a Câmara aprovou nesta quarta-feira, por meio de um acordo entre os partidos, um requerimento de retirada de pauta do projeto que regulamenta a contratação de empregados terceirizados pelas empresas. Com isso, a conclusão da votação do projeto ficou para a próxima quarta dia 22.

O texto principal do projeto foi aprovado na semana passada. Agora, para que a tramitação da matéria seja concluída, é necessária a votação das propostas de alteração de trechos do texto.

O adiamento da votação era defendido pelo governo, que conseguiu a adesão de partidos da oposição, entre os quais o PSDB, e de algumas siglas da base aliada.

Um dos trechos polêmicos da proposta é o que permite a terceirização de qualquer atividade.


Fonte: g1.globo.com